Mês: Novembro 2019

Viajar para Buenos Aires Sozinho – Dicas úteis

Casa Rosada - Buenos Aires

Estas de férias? Pretendes viajar para Buenos Aires sozinho e se encontra completamente perdido?

Este artigo foi escrito para lhe disponibilizar algumas recomendações e informações proporcionando a você algumas vantagens na hora de fazer os melhores passeios.

Viajar para Buenos Aires sozinho não será fácil, mas este artigo está aqui para abrir um pouco a sua mente do que esperar pela frente.

Não esqueça de aproveitar todas as oportunidades que surgirem a partir do momento que você pousar no aeroporto.

Tome notas e prepare-se para se apaixonar pela cidade do Tango.

Você vai querer embarcar nessa aventura.

Apesar do governo Argentino ter aplicado muitas leis e regulamentos no quesito segurança, Buenos Aires continua uma das capitais muito perigosas.

Por esta razão não é recomendado andar sozinho à noite e apesar de existirem locais que são famosos como La Boca, que durante o dia são muito procurados pelos turísticas, recomendamos que não visite à noite, pois roubos são muito comuns.

É seguro viajar sozinho para Buenos Aires?

Viajar para Buenos Aires sozinho requer algumas precauções, queremos lhe fornecer muitas ferramentas para que você ande seguro.

Antes de ir para qualquer local, sempre faça uma pesquisa muito profunda sobre a cidade, entenda como funciona e o que pode esperar dela. Deixe de lado o excesso de confiança, todo cuidado é pouco.

Programe-se para chegar no aeroporto na luz do dia. Use somente rádio taxis, pesquise sobre os costumes e horários de fechamento dos lugares que você pretende visitar, especialmente à noite.

Sempre tenha um chip com Internet no celular, vai tornar fácil sua vida.

Ao comparar Buenos Aires com Rio de Janeiro ou São Paulo, chegamos à conclusão que é uma cidade tranquila, mesmo assim, não deixe de prestar muita atenção ao seu redor.

Evite visitar os subúrbios, favelas e tenha muito cuidado com seus objetos pessoais se estiver no meio de alguma multidão. Existem muitos ladrões por aí, e há muitos casos de agressão ou sequestro que se desenvolveram muito na capital.

Na Argentina crescem os números de feminicídios, mas não há casos de assassinatos de turistas do sexo femino, isso não quer dizer que nunca vá acontecer.

Nunca ande sozinho à noite ou perto de locais isolados.

Pensando em segurança viária, há locais cujas rotas são de cascalho, mas os principais locais turísticos do país estão conectados e há bons serviços de transporte cobrindo essas rotas.

Se você desejar pegar um táxi em qualquer lugar, observe se é um automóvel oficial, pois existem muitos profissionais que são ilegais. Baixe o aplicativo She Taxi pertencente a uma rede de mulheres taxistas de Buenos Aires para se sentir seguro.

Não é constante a ocorrência de desastres naturais, mas fique ligado nas épocas de chuvas, pois pode ocorrer áreas inundadas implicando cortes nas estradas.

Em qualquer parte do mundo mulheres sofrem violência sexista, mas isso não é impedimento para que você faça uma viagem sozinha e divertida em Buenos Aires.

Existem muitos mochileiros que não vão deixar você completamente sozinho, não hesite em iniciar uma conversa, pois você pode facilmente encontrar outros viajantes.

Em caso de emergência chame a polícia, o número é 911. Você pode checar onde as delegacias estão localizadas.

Em caso de assédio ou abuso sexual, você encontrará escritórios de serviços e terá a sua disposição um telefone que pode ligar 24horas por dia. Mais informações na linha 144.

Caso você precise de hospital, não hesite em usar o Google Maps. Baixe o aplicativo onde quer que esteja e procure por “hospital”. Os mais próximos aparecerão.

 É hora de passear em Buenos Aires

Não é difícil viajar para Buenos Aires Sozinho, aqui vão algumas dicas para você visitar este lugar desacompanhado e amar Buenos Aires.

Os melhores meses para se comprar passagens são outubro e novembro, pois além das hospedagens tudo é mais barato.

Você não estará completamente sozinho, Buenos Aires é uma cidade onde você vai encontrar muitos turistas brasileiros.

Gosta de sossego e muita diversão? Dirija-se para o bairro de Palermo, lá é possível se deparar com o Parque de Palermo, onde você pode praticar esportes, patinar, caminhar e organizar piqueniques.

Também em Palermo, vais encontrar um zoológico, jardim botânico, o planetário e um jardim japonês. Ouse ir a um cassino ou visite o Hipódromo que fica embaixo.

Outro bairro interessante para visitar é o Recoleta, belo e romântico. Lá você não pode deixar de ver o Museu Nacional de Belas Artes, a igreja Nossa Senhora do Pilar e também uma escultura de flor denominada Monumento Floralis Genérica.

Se você gosta de um agito, visite o bairro de Puerto Madero, que era um antigo porto que foi transformado em local para diversão, lá existem numerosos restaurantes e bares.

Em Puerto Madero você vai encontrar a famosa Puente de La Mujer, obra do arquiteto Santiago Calatrava, essa ponte gira em 90º para permitir que os enormes barcos possam passar por ali.

Não deixe de conhecer o Teatro Colón, considerado um dos teatros líricos mais significativos do mundo. Restaurado em 2008 e tem a capacidade para 4000 pessoas.

Outro Bairro interessante para visitar é San Telmo, onde você vai encontrar uma das áreas mais conservadas da cidade, além de casas coloniais e ruas de pedras que potencializam o contraste a toda a cidade moderna.

San Telmo é o preferido dos Artista e lá você vai encontrar a Plaza Dorrego, famosa pelos cafés e antiquários, onde se apresentam shows de tango, considerado um lugar perfeito para a vida boêmia.

Tango de rua em Buenos Aires
Tango de rua em Buenos Aires

Pretende comprar algumas lembrancinhas? Vá para a Calle Florida. Um perfeito lugar para encontrar alfajoures, doce de leite, perfumes, roupas etc.

E não deixe de parar no shopping Galerias Pacífico, localizado num edifício do século 19

Aproveite todas as dicas, pegue um roteiro e viaje para Buenos Aires.

A agência Funny Times quer levar você a refletir sobre alguns incômodos que turistas passam por não fazer um pacote de viagens.

Um deles é a hospedagem: reservas em hotéis, lodges e pousadas, quando feitas por uma agência de viagens responsável é garantida e pode oferecer as melhores acomodações e os melhores preços devido as parcerias e isso interfere diretamente no valor reduzindo custos.

Outra preocupação que incomoda muito turistas é o translado entre o aeroporto e o hotel. Você provavelmente vai estar cansado depois de horas de voo. A empresa já oferece esse transporte, prevenindo muitas vezes o desgaste e facilitando o transporte de bagagens.

Oferecemos para você, que poderá vir sozinho para Buenos Aires, uma frota de veículos que está disponível para fazer diversos roteiros dentro e fora da cidade de Buenos Aires.

Todos os veículos estão habilitados pela CNRT (comissão nacional reguladora de transporte), com os seus respectivos seguros para transporte de passageiros.

Não podemos deixar de falar sobre uma aquisição que muita gente deixa para última hora, ou não liga que é o seguro de viagem. Pode ser uma tarefa complicada planejar uma viagem sozinho, e viajar sem um seguro de viagem pode ser um verdadeiro problema, muitas pessoas falam que não precisa, mas não conte com isso.

Os pacotes de viagem já oferecem, junto as suas taxas o valor do seguro de viagem. E adquirindo com antecedência você pode evitar muitos transtornos e dores de cabeça na viagem.

Qual o recorde em uma viagem de avião

Avião no aeroporto

Aviões são um assunto que intriga muita gente.

São muitas as pessoas que são fascinadas por eles e que buscam informações de todos os tipos para estar por dentro de tudo sobre o meio. Filmes, séries, documentários e livros que tratam desse meio de transporte e das diversas histórias que existem por trás dele são muito procurados pelos apaixonados por aeronautica.

Sendo assim, separamos aqui os maiores recordes em viagens de avião, para você ficar por dentro de tudo! Acompanhe abaixo.

O Voo mais rápido a cruzar o oceano atlântico

Em 1974 a empresa Blackbird com o avião Lockheed SR-71ª fez a travessia mais rápida pelo oceano atlântico, saindo da cidade de Nova York, nos Estados Unidos e chegando em Londres, na Inglaterra.

O tempo de viagem aerea ao total foi cerca de 1 hora, 54 minutos e 56 segundos, com uma distância total de 5.570 km. Outra curiosidade é que dois anos depois, esse mesmo avião bateu mais um recorde, alcançando 3.529,56 km/h em um voo de apenas 25 km, dentro dos Estados Unidos.

O voo mais longo do mundo

Mais um dos recordes interessantes para você saber. O voo mais longo do mundo foi realizado em fevereiro de 2006 e durou nada mais, nada menos que 77 horas.

Para a viagem o avião foi carregado com vários tanques de combustível, suficientes para garantir a segurança na longa distância. O avião percorreu cerca de 42,469 km e foi conduzido por Steve Fossett, um experiente piloto dos Estados Unidos.

Vale ressaltar que Steve possui em seu currículo outros recordes também, como maior velocidade em um voo de Zepelin e primeira volta ao mundo em um avião sem reabastecimento.

Voo mais cheio do mundo

Imagina pegar uma viagem com pacote promocional, porém, o voo tá lotado! Quando se trata de número de passageiros, também existe um recorde bem grande para te impressionar.

Em 1991, um Boeing 747 saiu da Etiópia, do aeroporto de Addis Abeba carregando 1.088 passageiros. Só esse número já é grande o suficiente para garantir o recorde. No entanto, dois fatos bem curiosos ocorreram durante a viagem.

Enquanto o voo acontecia, duas grávidas entraram em trabalho de parto e acabaram tendo seus filhos dentro do avião mesmo. Com isso, o voo encerrou com dois passageiros a mais, totalizando 1.090 passageiros e garantindo o recorde de voo mais cheio do mundo.

A parte mais legal é que a viagem foi realizada pela empresa israelense El Al em uma missão humanitária. Ao todo, essa missão contou com 40 voos, totalizando 36 horas e mais de 14,2 mil judeus resgatados.

Aviões fazem parte daqueles assuntos aos quais podemos falar o tempo todo e mesmo assim continuar encontrando temas ainda inexplorados. Eles são fascinantes desde sua mecânica, até sua história de criação, que divide opiniões.

Saber dos recordes é estar por dentro dos grandes temas da aeronáutica. E aí, preparado para comprar sua passagem e dar aquela voltinha?

Lembrando que em caso de problemas de voo, você pode entrar em contato com a indenizar.com. Empresa especializada em ajudar passageiros que tiveram problemas com voos atrasados, cancelamentos, overbooking, etc.

8 Passeios em Miami que poucos costuma falar

Miami é a queridinha dos brasileiros quando se fala em cidade para curtir nos Estados Unidos. Outlets, shoppings, baladas, bares e praias… Muitas praias! Entretanto, há muito mais para fazer do que apenas visitar Miami Beach ou andar no ônibus panorâmico para conhecer todos os pontos turísticos.
Se você tem viagem marcada e quer encontrar diversões “diferentonas” para curtir com a família e amigos, leia o post a seguir. Separamos uma lista com 8 passeios para quem não curte o convencional.

Visitar o Matheson Hammock Park

Imagina aquelas cenas paisagens de filme. Imaginou? O Matheson Hammock Park poderia se assemelhar a uma. Este parque escondido em Miami é tranquilo e paradisíaco. Poucos turistas conhecem e os que conhecem, não visitam porque é afastado de shoppings, outlets e outros pontos turístico.

Ainda assim, é um ponto que não pode faltar na sua viagem. A principal atração é a piscina construída no formato de um atol de corais. A água é renovada com a maré, pois o abastecimento vem da Biscayne Bay. É perfeito para quem tem filhos, pois ao redor há uma pista para as crianças andarem de patins, bicicletas ou skates.

Tire um dia para visitar o local e garanta lindas fotos e momentos únicos.

Everglades

O passeio pelo Everglades é a oportunidade ideal para entrar em contato com a vida selvagem. O barco anda pelas águas do rio em diferentes velocidades, enquanto um guia turístico explica sobre o ecossistema e curiosidades.
O rio é o único lugar do mundo onde moram jacarés e crocodilos. É feita observação dos animais e, no final, os turistas são levados para conhecer filhotes de jacaré e cobras em cativeiro.

Jungle Island

Se você é fã de animais, o Jungle Island é outro lugar que você não pode deixar de visitar. É uma mistura de zoológico com parque temático. É possível interagir com os bichos (tocar, alimentar e tirar fotos) e assistir a shows imperdíveis.

Distritos de arte

Os amantes da arte piram em Design District, Midtown e Wynwood. Há passeios de ônibus com guias especializados que podem e levar nas três localidades. É possível apreciar diversas formas de arte moderna e contemporânea como fotografias, esculturas, murais e arquiteturas.

Lake Okeechobee

Na região do Lake Okeechobee, você verá o outro lado de Miami. Ao redor do enorme lago de água doce (quarto maior dos EUA), há cidades pequenas e simples, mas que você pode encontrar comidas e lojas baratas e típicas.

Flyboard

O flyboard é um dispositivo que promove propulsão na água, fazendo com que o piloto voar até 15 metros em cima de uma prancha conectada por uma mangueira em uma embarcação.
Em Miami, instrutores dão aulas de seguranças e manuseio e, quando você estiver afiado, por “subir voo”.

Bayside Marketplace

O Bayside Marketplace é um centro de compras e entretenimento a céu aberto. Apesar de ser um dos pontos turísticos, vale o passeio caso você saiba o que fazer.
No local, você pode pegar um barco no South Beach e também andar de Táxi aquático. Além disso, no quesito compra, é possível se divertir com o tanto de lojinha diferente, que vende suvenir e várias outras coisas “que você nunca vai usar, mas que vale a lembrança”.

Dry Tortugas

Tortugas National Park é ilha protegido por leis federais, devido a extrema importância natural e histórica. A única ilha aberta para conhecer é a Garden Key. Por lá, recomendamos fazer o tour histórico pelo Fort Jefferson, fazer mergulho nas águas paradisíacas e observar a natureza.
Não é exatamente em Miami, mas é próximo e vale muito a visita. Para chegar até Garden Key, basta ir até o Porto Histórico de Key West e pegar o Ferry boat.

Aproveite o melhor de Miami

Para aproveitar muito a cidade, recomendamos que leve uma quantidade razoável de dinheiro. Além desses que te indicamos, existem outros passeios que você não pode perder.

Ah, e não se esqueça: para comprar dólar pagando os melhores preços, procure uma Corretora de Câmbio.

Destinos perfeitos para quem adora um friozinho

Curitiba - cidade para visitar no frio

Você é uma daquelas pessoas que adoram o inverno? Que curte sentar a beira de uma fogueira, comer um Fondue ou até mesmo tomar drinks quentes.

Então este é o artigo certo para você. Eu adoro viajar no frio. Adoro mesmo!

Seguem algumas dicas de viagem para as suas férias de inverno.

O detalhe é que falaremos sobre destinos nacionais, destacando excelentes lugares frios para viajar.

Mas antes de começarmos a nossa listinha, vamos falar um pouco sobre as vantagens em viajar a baixas temperaturas. Acompanhe:

Vantagens em viajar no frio

Entre as principais vantagens encontradas ao viajar no inverno, podemos citar:

  1. Baixa temporada: em alguns destinos o período de alta temporada é no verão. Por isso, se você viajar no inverno vai encontrar passagens e hotéis mais baratos. Além disso, os restaurantes e as atrações turísticas costumam ter preços melhores;
  2. Cidade mais vazia: se viajar para um lugar onde é baixa temporada no inverno, com certeza vai encontrar a cidade mais vazia. Além de aproveitar melhor as atrações turísticas, você evita filas e tumultos;
  3. Liquidação: quem viaja no inverno pode aproveitar e curtir a liquidação de diversas lojas. Essa época é considerada por turistas e nativos como a melhor liquidação do ano! Ótima oportunidade pra você garantir um casaco quentinho pelo menor preço.

Principais destinos nacionais para viajar no inverno
Entre os destinos mais interessantes para viajar durante o inverno em território brasileiro, podemos citar:

1- Curitiba

Trata-se de um dos principais pontos turísticos brasileiros para quem busca um local frio e aconchegante para viajar.

Curitiba, a capital do Paraná, possui um clima frio durante quase todo o ano. Assim, independentemente da época que você visitá-la, será possível curtir as baixas temperaturas.

Também é válido dizer que a capital é acolhedora e preserva uma atmosfera de cidade pequena mesmo com estrutura de grande metrópole.

Por lá você ainda vai encontrar vários parques e praças para curtir a natureza. Mesmo com as baixas temperaturas, vale a pena ir!

2- Campos do Jordão

Não seria possível falar de turismo e frio sem citar a cidade de Campos do Jordão. A localidade é referência quando falamos sobre temperaturas baixas.

Por muitos, ela é considerada como a cidade mais fria de todo o país. Até por conta disso acaba sendo bastante procurada.

Ela também é definida por vários viajantes como a Suíça brasileira. Talvez isso se deva, principalmente, aos seus bares e restaurantes requintados.

O local já ganhou uma diversidade enorme de prêmios relacionados a gastronomia, tanto brasileira quanto internacional.

Mas não pense que parou por aí. Além da comida, também é possível se deliciar com uma extensa programação cultural.

A cidade é repleta de shows, teatros e apresentações artísticas. Além disso, a arquitetura da região é encantadora. Vale a pena conferir!

3- Caldas Novas

Caldas Novas não é propriamente um dos lugares frios para viajar no Brasil. A cidade é quente, no entanto, no inverno as temperaturas costumam ficar baixas o que torna mais agradável curtir o local.

Quem vai pra lá pode aproveitar as várias piscinas de águas termais dos hotéis e dos parques aquáticos.

A cidade tem opções para todas as idades, e os hotéis costumam ter programação especial para as pessoas de terceira idade.

Então, se você gosta de frio e de curtir uma piscina bem quente, Caldas Novas é a opção perfeita para sua viagem.