Minha viagem à Amazônia que começou com um Overbooking

Fiquei 20 dias na Amazônia. Vale lembrar que ao longo dos 20 dias que eu estive viajando, eu aproveitei para fazer muitas coisas super especiais. Uma pena que toda essa aventura começou com um um overbooking da cia aérea que me fez viajar apenas no dia seguinte.

Depois do Overbooking, começa minha viagem

Esse aqui é apenas um breve resumo da viagem, depois da chateação do overbooking.

  • Dia 1 – Chegada + Santarém
  • Dia 2 – Santarém
  • Dia 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 e 10 – Passeios curtos
  • Dia 11 e 12 – Alter do Chão
  • Dia 13 – Manaus
  • Dia 14, 15 e 16 – Floresta Amazônica
  • Dia 17 e 18 -Floresta Amazônica
  • Dia 19 – Presidente Figueiredo
  • Dia 20 – Manaus

Apenas um detalhe, tive um atraso de voo quando saí de São Paulo. Depois do atraso, chegando ao Aeroporto de Manaus, a primeira surpresa: ele é MARAVILHOSO! Grande, organizado, com atendimento ágil.

A cidade de Manaus, capital do estado do Amazonas, tem mais ou menos 2,1 milhões de habitantes e um dos maiores destinos turísticos no Brasil.

Fiquei no Villa Amazônia é um hotel super confortável, estilo boutique, mas que aceita crianças numa boa. A estrutura é pequena perto dos grandes hotéis, o que faz com que você tenha um atendimento mais individualizado. Ele também fica a duas quadras do Teatro Amazonas, e dos melhores restaurantes da cidade, o que nos permitia fazer tudo a pé sem cansar.

Guia de Viagem para Cabo Frio

Guia de Viagem para Cabo Frio

Um dos Destino preferido de quem é apaixonado por praias, Cabo Frio é o maior município da Região dos Lagos no Rio de Janeiro, não apenas isso, Cabo Frio hospeda as  mais belas e paradisíacas praias dessa pequena região conhecida como Caribe Brasileiro, acompanhado de toda sua infraestrutura turística.

Localizado a cerca de 150 quilômetros do Rio de Janeiro, com cerca de 200 mil habitantes, tem em seu currículo  algumas das praias mais bonitas do estado.

Com seu território diversificado, Cabo frio impressiona pela sua infraestrutura mais que perfeita, capaz de agradar a todos os gostos.

Vizinha de outros grandes pontos turísticos como Búzios e Arraial do Cabo elas formam uma região conhecida como “Costa do Sol”.

A cidade de Cabo Frio é palco de um verdadeiro tsunami de turistas nos finais de semana e feriados, além  das altas temporadas o que faz interessante ter cuidado nessas datas, o trânsito pode se tornar algo complicado de ligar.

Para te ajudar a se programar, preparamos esse guia que traz detalhes importantes que você precisa saber para programar sua Viagem a Cabo Frio.

#01 Como chegar

Devido às limitações do aeroporto de Cabo frio a melhor opção é desembarcar no Rio de Janeiro e, de lá, Alugar um Carro, locar um Transfer ou pegar um ônibus na Rodoviária Novo Rio. A viação 1001 costuma realizar o itinerário, tudo varia do seu investimento para viagem e horário de chegado.

Quem optar por ir de  carro, o acesso à Região dos Lagos é pela  Ponte Rio-Niterói, depois seguir pela RJ-101,até Rio Bonito e em seguida pegar a RJ-124 até a cidade de São Pedro da Aldeia.

Vale lembrar que na estrada você encontra pedágio, na Via Lagos, e na  Ponte. Entretanto, é possível ir Rodovia Amaral Peixoto – RJ-106, depois que passar a ponto, ela é mais estreita, todavia não tem pedágio.

#02 Hospedagem

Com excelente infraestrutura hoteleira, a cidade de Cabo Frio conta com grandes opções de hotéis e pousadas, muitos deles na região próxima às praias ou no centro.

Quem gosta de hotéis mais próximos a praia, deve optar pelas praias do Forte ou do Peró.

Os hotéis da Praia do Forte conta com algumas opções luxuosas – como o Hotel Malibu com valores a partir de R$ 300,00 e o La Brise com valores a partir de R$ 225,00 para casais.

Os Hotéis da Praia Peró fica em uma reserva ambiental, e as pousadas têm limite de andares, uma boa opção é o Hotel La Plage com valores a partir de R$ 200,00 para casais, ficando a poucos metros da areia.

Para quem optar por ficar próximo ao centro, você encontra hotéis como  o Green Hotéis com valores a partir de R$ 270,00 e o Best Western Paradiso del Sol com valores a partir de R$ 290,00.

#03 Alimentação

Diversidade gastronômica é um dos ponto fortes de Cabo Frio, Nos arredores do Canal do Itajuru você encontra excelentes restaurantes, como o italiano Picolino, o Galeto do Zé e o Tia Maluca.

Além disso, na Praia do Forte você tem opções de restaurantes e até redes de fast food, como a badalada creperia Chez Michou.

Caso queira outras experiências nos dias que seguirem, faça uma visita a cidade vizinha de Búzios.

#04 Passeios

Praia do Forte – A Praia do Forte é ponto turístico da Região dos Lagos mais aclamado.

Com uma ampla faixa de areia e uma orla repleta de quiosques, bares, restaurantes, ciclovias, pistas de skate, jardins e quadras poliesportivas, a Praia do Forte é o Cartão postal de Cabo Frio.

Além das Dunas que um toque especial, as águas puras do mar e suas ondas conseguem trazer em determinadas épocas do ano mais de um milhão de pessoas.

Forte de São Matheus – É  um dos principais cartões-postais da cidade. O forte de São Matheus é uma das  fortalezas mais antigas do Brasil, erguida no canto esquerdo da Praia do Forte entre 1616 e 1620.

Faz parte do Patrimônio Histórico Nacional. No seu interior, você encontra uma exposição que conta a história do local e ainda tem uma belíssima vista da praia.

Praia do Peró – Com cerca de sete quilômetros da Praia do Forte, em uma reserva ambiental.

Praia das Conchas – Praia das Conchas tem esse nome por causa de seu formato semicircular que remete a imagem de uma concha. Por conta dessa geografia, seu mar é bem mais calmo que o Peró, praia vizinha, na ponta direita em um local chamado de  “Pedra do Arpoador”) formam-se verdadeiras piscinas naturais.

Praia do Foguete –  A praia do Foguete é praticamente deserta, por ficar em uma reserva ambiental com apenas algumas casas em sua orla, além de ter um mar bastante agitado. Na região acontece alguns campeonatos de surfe

Ilha do Japonês – Localizada no encontro do Canal do Itajuru com o mar, é considerada um refúgio de quem quer alguns momentos de tranquilidade.

Como um santuário natural recheado de trilhas e águas tranquilas cristalinas.

Canal Itajuru – O “Boulevard Canal”, o Canal do Itajuru é uma pequena orla situada às margens da Lagoa de Araruama.

Um dos lugares mais procurados por turistas, com sua longa diversidade de restaurantes, lojas, bares e escunas ancoradas para os passeios de barco.

Além de uma feira de artesanato também funciona no local há mais de 20 anos, com cerca de 500 expositores.

Para passeios de barcos, eu recomendo os serviços da empresa Guga Tour. Vai encontrar um ótimo atendimento e custo muito baixo.

Aproveite momentos agradáveis na sua Viagem a Cabo frio, e se estiver com tempo, conheça também as outras duas cidades que fazem parte da “Costa do Sol” que são Búzios e Arraial do Cabo.

Búzios com suas noites luxuosas e badaladas e suas praias calmas e paradisíacas e Arraial do Cabo um paraíso de águas cristalinas, conhecida como a Capital Nacional do Mergulho, fica a menos de 15km de Cabo Frio.

O melhor pão caseiro com linguiça que já comi na vida foi em Tiradentes / MG

Viajei para Tiradentes / MG para um carnaval um tempo atrás. Lá conheci um “chef de cozinha”, muito simples, que nem gostava de ser chamado de chef, mas de cozinheiro. No restaurante dele, comi uma linguiça defumada que me fez pensar que nunca tinha comido linguiça na vida, de tão gostosa que estava e um pão caseiro divino.

Me recordo que me pensei em aprender Como fazer linguiça defumada, e acabei pedindo para ele a receita. Mas ele não quis me passar, sem problemas! Eu respeito a decisão dele, mas me lembro de cada pedaço daquela linguiça. Elas eram macias, tenras, apimentadas na medida certinha.

Ele me passou a receita de cabeça, mas e não anotei. Mas depois eu achei uma receita de pão caseiro nesse site e estou usando ela como referência.

O restaurante já fechou, mas o nome do cozinheiro eu me lembro bem: Sr. Manoel.

Se você for à Tirandentes, não se esqueça de procurar pela linguiça defumada do Seu Manoel. Vale muito à pena. O pão também!

Buenos Aires (5 dias)

1º DIA – BRASIL / BUENOS AIRES
Apresentação no aeroporto de Guarulhos às 07h05 para embarque com destino a Buenos Aires. Chegada, recepção e traslado ao hotel escolhido. Restante do dia livre.

2º DIA – BUENOS AIRES
Café da manhã no hotel. Saída para um passeio panorâmico, com duração de meio dia pela cidade, conhecendo seus principais pontos turísticos, como: Palermo, Recoleta, Congresso. Plaza de Mayo, Caminito, Teatro Colon, Costaneira, Obelisco, Puerto Madero e centro da cidade, com seus parques, jardins e avenidas. Retorno ao hotel. Restante do dia livre.

3º DIA – BUENOS AIRES
Dia livre para atividades independentes.

4º DIA – BUENOS AIRES
Dia livre para atividades independentes.

5º DIA – BUENOS AIRES / BRASIL
Café da manhã no hotel. Em horário combinado, traslado ao aeroporto para embarque com destino ao Brasil.

Montevidéo e Buenos Aires (6 dias)

Roteiro de Montevideo e Buenos Aires

1º DIA – BRASIL / MONTEVIDÉU
Apresentação no aeroporto de partida para embarque com destino à Montevidéu. Chegada, recepção e traslado ao hotel escolhido.

2º DIA – MONTEVIDÉU
Café da manhã. Saída para um passeio com duração de meio dia para conhecer os principais pontos turísticos da cidade. Visitaremos o Cerro, de onde se pode apreciar uma das mais belas vistas de Montevidéu. Continuando, seguiremos pela área financeira e comercial, a Plaza da Independência, o Mausoléu Artigas, a Avenida 18 de Julio, o Palácio Legislativo, o Parque Prado com o Monumento “La Diligencia”, o Hospital das Clínicas, o Estádio de Futebol e o mais famoso monumento do Uruguay, “La Carreta”.

3º DIA – MONTEVIDÉU / BUENOS AIRES
Café da manhã. Em horário combinado, traslado ao aeroporto para embarque com destino à Buenos Aires. Chegada, recepção e traslado ao hotel escolhido.

4º DIA – BUENOS AIRES
Café da manhã no hotel. Saída para um passeio panorâmico, com duração de meio dia pela cidade, conhecendo seus principais pontos turísticos, como: Palermo, Recoleta, Congresso. Plaza de Mayo, Caminito, Teatro Colon, Costaneira, Obelisco, Puerto Madero e centro da cidade, com seus parques, jardins e avenidas. Retorno ao hotel.

5º DIA – BUENOS AIRES
Café da manhã. Dia livre para atividades independentes.

6º DIA – BUENOS AIRES / BRASIL
Café da manhã no hotel. Em horário combinado, traslado ao aeroporto para embarque com destino ao Brasil (poderá haver necessidade de conexão em Montevidéu).

Minha viagem para a China

Viagem à Muralha da China

Eu fui escalada para uma viagem de negócios para a China. Trabalho em uma empresa que importa embalagens em geral, especialmente embalagens para restaurantes e havia uma feira de embalagens plásticas, ecológicas e de plástico acetato em geral. Portanto, eu tinha que ir para a CHINA!!!

Eu sempre quis ir a Pequim e conhecer a Cidade Proibida, como ela é chamada e aproveitei para fazer turismo.  Tentei conseguir alguém para ir comigo em novembro não foi tão fácil quanto eu esperava, mesmo com o preço tão bom nessa época.  Finalmente, minha irmã Tatiana concordou em ir comigo. 

Fomos em um voo direto (uma pena que tivemos um overbooking e depois um voo cancelado) de Detroit para Pequim na Northwest Airlines, ficamos 6 noites de hospedagem no Marriot Hotel, dois dias completos de passeios e café da manhã diariamente. Nosso voo durou 14 horas, mas fomos preparados com revistas, lanches, travesseiros de pescoço e melatonina para nos ajudar a dormir. Nós não nos víamos há pelo menos um ano, então também era um bom momento para colocar o papo em dia. Isso me lembrou daquelas longas viagens de carro quando éramos crianças, exceto que agora poderíamos beber bebidas alcoólicas.

Quando chegamos a Pequim, era domingo à noite. O aeroporto é bom, como eles tinham acabado de abri-lo em 1 de novembro de 1999. Depois de passar pela alfândega, o representante da Pacific Delight nos encontrou facilmente no saguão do aeroporto e fomos para o nosso hotel. 

A equipe foi extremamente amigável e quase todos falavam inglês. Nós aguardamos com expectativa para chegar ao nosso quarto e ficamos encantados por descobrir que tinha tudo o que precisávamos:

  • Um mini-bar
  • Chá,
  • Roupões
  • Chinelos.

Primeiro dia da viagem

Nosso primeiro dia em Pequim, a temperatura ficou perto de 15 graus durante a maioria do dia nos permitindo entrar em um valor de dia cheio de turismo. Vimos o Palácio Imperial cheio de tesouros da Cidade Proibida e a imponente Praça Tian An Men. Depois do almoço, fomos ao Palácio de Verão e fizemos um passeio de barco no Lago Kinming, depois no primoroso Templo do Céu.

Segundo via da viagem

Nosso segundo dia de viagem incluiu a Grande Muralha, os Túmulos Ming e o Salão de Exposições Chang Ling. Subir a Grande Muralha é algo que nunca vou esquecer. Definitivamente não foi fácil, especialmente considerando quão frio e ventoso era, mas minha irmã e eu ainda gostamos de tudo.As outras pessoas do nosso grupo de turistas ajudaram a tornar as coisas ainda mais interessantes.É divertido ir com um grupo porque eles fazem perguntas que você pode não ter necessariamente pensado em si mesmo. No final do dia, eu havia aprendido muito mais sobre a história da China, que me senti como se este dia valesse a pena a cada minuto do vôo de 14 horas.

Terceiro dia da viagem

No dia seguinte, optamos por apenas “sair”. Estávamos exaustos com todas as caminhadas e passeios que havíamos feito nos dias anteriores. Pela noite nós fomos ver um espetáculo de acrobata que era fantástico.

Quarto dia da viagem

No nosso quarto dia, partimos para o Mausoléu do Presidente Mao, onde seu corpo está em exposição. Os chineses vêm de todas as partes para ver o presidente Mao. A experiência foi bastante emocionante, mas estávamos prontos para nos mudarmos para lugares mais felizes. Depois do Presidente Mao, visitamos o Templo do Lama Tibetano. Este templo ainda está em uso hoje e há 22 monges que atualmente moram lá. Nós fomos então para o Parque de Bei Hai bonito. Nós nos divertimos muito lá. Muita caminhada! Eles têm vários pequenos passos, então você precisa estar em boa forma e usar sapatos confortáveis.

Quinto dia da viagem

Na sexta-feira fomos ao zoológico. Eu realmente queria ver os ursos panda, mas quando chegamos lá, eles estavam dormindo. Nós rimos muito sobre isso. Nós também visitamos alguns fazendeiros, vimos uma estufa, mas nossa experiência favorita foi visitar uma turma de jardim de infância local e ouvir as crianças cantando uma música para nós. É incrível que eles já estejam aprendendo inglês tão jovens.

Quinto dia da viagem

Na nossa última noite, decidimos ir à Ópera. O desempenho foi lindo, mas assisti-lo estava perto de tortura. Os assentos são inclinados em tal declive que era trabalho constante para ficar neles e as legendas inglesas eram da mesma maneira difícil de seguir. Depois de um tempo, um grupo de nós achou toda a experiência bem humorada e no final do show rimos às lágrimas.

As compras em Pequim são ótimas! Eles têm seda, jade, pérolas e muito mais. Os preços são inacreditáveis ​​e se você gosta de pechinchar, esta cidade é definitivamente para você. Nós passamos nossa última manhã tentando empinar todas as nossas novas compras em nossas malas.

As pessoas da China são muito amigáveis ​​e muito agradecidas por tudo o que têm. Foi um rápido vislumbre de uma cultura tão maravilhosa. 

Mal posso esperar para voltar!

Update: encontrei esse video que retrata um pouco de Pequim

O que fazer em Nova Zelândia

 1. Caminhada nas Montanhas

Você tem tantas opções para caminhadas na Nova Zelândia. Não deixe de visitar o Parque Nacional do Monte Cook se você quiser ser grande!

2. Vá pular de bungee jump

Este é o país bungee jumping foi inventado em, afinal de contas. Com tantos lugares bonitos para pular, você seria um tolo para não pular de uma ponte! (Além disso, esta é a Nova Zelândia, então você realmente deve se sentir mais seguro aqui.) backpacking New Zealand Bungee Jumping em Queensland, Foto Cortesia: todo o mundo vamos

3. Assista a um jogo de rugby

O Rugby Union é o jogo nacional da NZ, e os All Blacks são bizarros. Se você está programado com um dos jogos, não perca o esporte nacional da Nova Zelândia!

4. Jantar com uma cerveja ou 12 em Wellington

Esta cidade moderna e cheia de vento é famosa por sua incrível cena gastronômica (mais restaurantes por cabeça que Nova York!) E cervejas artesanais emergentes.

5. Pegue seu Jaw Dropping no Tongariro Crossing

Esta área da Nova Zelândia é absolutamente deslumbrante e um paraíso para os amantes do ar livre.

6. Vá em uma excursão de Heli-Caminhada de Geleira

Não vamos dizer que isso é barato, mas essa é uma daquelas experiências únicas e inesquecíveis.

7. Caiaque em Milford Sound

Esta parte da Nova Zelândia tem cachoeiras, penhascos e picos espantosos e águas cobalto-escuras. Chove a maior parte do ano, então aproveite as vibrações temperamentais se você não tiver um dia ensolarado. Mantenha os olhos abertos para focas e golfinhos!

8. Ciclo ao longo da Central Otago

Todos os motociclistas têm que chegar a esta área para percorrer a Otago Central Rail Trail através de belas paisagens e antigas cidades mineiras. Equilibre a aptidão com numerosas paragens históricas de pubs ou vinhas!

9. Dirija pela Nova Zelândia

Isso realmente não é tão caro quanto parece, e a melhor maneira de ver a Nova Zelândia é por campervan! Você precisará ter pelo menos US $ 3.000 para comprar uma van, mas depois de terminar, você poderá vender a van perto do valor que pagou por ela. Além disso, uma van lhe permitirá total liberdade na Nova Zelândia e a capacidade de acampar contra ficar em albergues e hotéis mais caros.

10. More na Nova Zelândia

Muitos países conseguem obter um visto de trabalho de um ano para a Nova Zelândia. Isso significa que você pode trabalhar por vários meses e viajar depois com o dinheiro economizado! vivendo e trabalhando nas montanhas da Nova Zelândia Bela natureza na Nova Zelândia. Quem não gostaria de morar lá?

Lagos andinos

Essa é a minha sugestão de roteiro para os Lagos Andinos

1º Dia – Brasil/Santiago
Apresentação no aeroporto da cidade de partida escolhida para embarque com destino a Santiago. Chegada, recepção e traslado ao hotel escolhido. Alojamento com banho privativo.

2º Dia – Santiago
Meia pensão. Excursão de dia inteiro a Valparaíso e Viña DelMar. Atravessando a pitoresca campina chilena, chegaremos a Valparaíso, o principal porto do país, conhecendo também a Praça Victória, a Academia Naval, Universidade Técnica de Santa Maria etc. A viagem prossegue até Viña Del Mar,chamada com justiça de a Cidade Jardim, almoço. À tarde,visita à cidade, suas praias, seu cassino (visita externa) etc…regresso ao hotel.

3º Dia – Santiago
Café da manhã. Manhã livre. Pela tarde, passeio de meio dia de visita panorâmica à cidade, percorrendo os pontos de maior atração turística, tais como: Club Hípico, Parque O’Higgins, o Centro de Diversões e Folclore, a antiga Escola Militar, Club da União,Universidade do Chile, a famosa Igreja de São Francisco, o Cerro de Santa Lucia, local de fundação de Santiago, no ano de 1541.Continuaremos até o Cerro de São Cristobal, teremos assim uma vista panorâmica da cidade e da majestosa Cordilheira dos Andes(salvo dias nublados). Visitaremos também os bairros residenciais de Providência e Las Condes.

4º Dia – Santiago/ Puerto Montt/Puerto Varas
Meia pensão. Assistência e traslado ao aeroporto, para embarque com destino a Puerto Montt. Chegada, recepção no aeroporto de Puerto Montt e passeio pela cidade, onde visitaremos a feira de artesanato de Angelmo e o cais dos pescadores. Seguiremos até o hotel escolhido em Puerto Varas.Alojamento com banho privativo, jantar.

5º Dia – Puerto Varas/Peulla
Pensão completa. Saída pela manhã para Peulla, margeando o Lago Llanquihue. Chegaremos à Vila La Enseada. Continuaremos a viagem visitando os saltos do Rio Petrohue, até o porto do mesmo nome. Parada para almoço. Embarcaremos em lancha cruzeiro, para navegar pelo Lago Esmeralda, pelo colorido verdede suas águas, sempre acompanhados pela visão deslumbrante dos vulcões Osorno e Cabulco, até chegarmos a Peulla.Alojamento no hotel Peulla, jantar.

6º Dia – Peulla/Bariloche
Pensão completa. Saída em ônibus margeando o Rio Peulla e passando pelo Passo Perez Rosalez, onde cruzaremos a fronteira chileno-argentina. Continuaremos por Casa Pangue, La Cumbre,até Puerto Frias. É desnecessário chamar a atenção para as paisagens contrastantes de uma beleza agreste e impactante,pela mistura de montanha, neves eternas, lagos e bosques impenetráveis. Embarcaremos em lancha cruzeiro para navegar pelo Lago Nahuel Huapi, até Puerto Panuello. Assistência e traslado ao hotel escolhido, alojamento com banho privativo.

7º Dia – Bariloche
Meia pensão. Excursão de meio dia ao Circuito Chico,percorrendo o Lago Moreno, Colonia Suiça, Bahia Lopez, Lago Escondido, Fundação Llao-Llao, Capela de São Eduardo, Cerro Campanário (ascensão não incluída), Club de Regatas, Golf Club Llao-Llao, Parque Llao-Llao,Porto Moreno e outros pontos de atração turística. Jantar.

8º Dia – Bariloche
Meia pensão. Excursão de meio dia ao Cerro Catedral, (ascensão não incluída) pela ChairLift até a Plataforma 1.200 e Pedra do Condor,de onde se avistam os majestosos Lagos NahuelHuapi, Moreno e Gutierrez. Jantar.

9º Dia – Bariloche
Meia pensão. Dia livre. Jantar.

10º Dia – Bariloche/BuenosAires
Café da manhã. Assistência e traslado ao aeroporto, para embarque a Buenos Aires.Chegada, recepção e traslado ao hotel escolhido, alojamento com banho privativo.

11º Dia – Buenos Aires
Café da manhã. Passeio pela cidade, percorrendo os seus principais pontos turísticos, tais como:Palermo, Recoleta, Congresso, Plaza de Mayo, CasaRosada, Caminito, Teatro Colon, Costanera, Obelisco e Centro da Cidade, com seus parques, jardins e avenidas etc…

12º Dia – Buenos Aires
Café da manhã. Dia livre.

13º Dia – Buenos Aires/Brasil
Café da manhã. Assistência e traslado ao aeroporto para embarque com destino à cidade de partida. Fim dos nossos serviços.

NOTA: O Itinerário Econômico é o mesmo aqui descrito, porém com somente 1 refeições 
incluída.

LAGOS ANDINOS FANTÁSTICO

1º Dia – Brasil/Santiago
Apresentação no aeroporto da cidade de partida escolhida para embarque com destino a Santiago. Recepção e traslado ao hotel escolhido. Alojamento com banho privativo.

2º Dia – Santiago
Café da manhã. Manhã livre. Pela tarde,passeio de meio dia de visita panorâmica à cidade, percorrendo os pontos de maior atração turística, tais como: Club Hípico,Parque O’Higgins, o Centro de Diversões e Folclore, a antiga Escola Militar, Club da União,Universidade do Chile, a famosa Igreja de São Francisco,o Cerro de Santa Lucia, local de fundação de Santiago, no ano de 1541. Continuaremos até o Cerro de São Cristobal, teremos assim uma vista panorâmica da cidade e da majestosa Cordilheira dos Andes (salvo dias nublados).Visitaremos também os bairros residenciais de Providência e Las Condes.

3º Dia – Santiago
Café da manhã. Excursão de dia inteiro a Valparaíso e Viña Del Mar. Atravessando a pitoresca campina chilena, chegaremos a Valparaíso, o principal porto do país, conhecendo também a Praça Victória, a Academia Naval, Universidade Técnica de Santa Maria etc. A viagem prossegue até Viña Del Mar, chamada com justiça de aCidade Jardim. À tarde, visita à cidade, suas praias, seu cassino(visita externa) etc… regresso ao hotel.

4º Dia – Santiago
Café da manhã. Dia livre.

5º Dia – Santiago/Puerto Montt/Puerto Varas
Café da manhã. Assistência e traslado ao aeroporto, para embarque com destino a Puerto Montt. Chegada,recepção no aeroporto de Puerto Montte passeio pela cidade, onde visitaremos a feira de artesanato de Angelmo e o cais dos pescadores. Seguiremos até o hotel escolhido em PuertoVaras. Alojamento com banho privativo.

6º Dia – PuertoVaras/Bariloche
Café da manhã. Saída pela manhã para Peulla, margeando o Lago Llanquihue e chegando à Vila La Enseada. Continuaremos a viagem visitando os saltos do Rio Petrohue, até o porto do mesmo nome.Embarcaremos em lancha cruzeiro, para navegar pelo Lago Esmeralda, pelo colorido verde de suas águas, sempre acompanhadas pela visão deslumbrante dos vulcões Osorno e Cabulco, até chegarmos a Peulla. Saída em ônibus, margeando o Rio Peulla e passando pelo Passo Perez Rosalez, onde cruzaremos a fronteira chileno-argentina. Continuaremos por Casa Pangue e La Cumbre, até Puerto Frias. É desnecessário chamar a atenção para as paisagens contrastantes de uma beleza agreste e impactante, pela mistura de montanhas, neves eternas, lagos e bosques impenetráveis. Embarcaremos em lancha cruzeiro para navegar pelo Lago Nahuel Huapi, até Puerto Panuello. Assistência e traslado ao hotel escolhido em Bariloche. Alojamento com banho privativo.

7º Dia – Bariloche
Café da manhã. Excursão de meio dia ao Circuito Chico,percorrendo o Lago Escondido, Fundação Llao-Llao, Capelade São Eduardo, Cerro Campanário (ascensão não incluída),Club de Regatas, Golf Club Llao-Llao, Porto Moreno e outros pontos de atração turística.

8º Dia – Bariloche
Café da manhã. Excursão de meio dia ao Cerro Catedral (ascensão não incluída) pela Chair Lift até a Plataforma 1,200e Pedra do Condor, de onde se avistam os majestosos LagosNahuel Huapi, Moreno e Gutierrez.

9º Dia – Bariloche
Café da manhã. Dia livre.

10º Dia – Bariloche/Buenos Aires
Café da manhã. Assistência e traslado ao aeroporto, para embarque com destino a Buenos Aires, chegada, recepção e traslado ao hotel escolhido. Alojamento com banho privativo.

11º Dia – Buenos Aires
Café da manhã. Passeio pela cidade, percorrendo os seus principais pontos turísticos, tais como: Palermo, Recoleta, Once,Congresso, Plaza de Mayo, Casa Rosada, Caminito, Teatro Colon, Costanera, Obelisco e Centro da Cidade, com seus parques,jardins, avenidas etc…

12º Dia – Buenos Aires/Brasil
Café da manhã. Assistência e traslado para embarque com destino à cidade de partida.Serviços incluídos Consulte sempre os serviços incluídos em cada programa, através de nossas tabelas de preços, pois os mesmos podem variar de acordo com a época do ano.