Minha viagem à Amazônia que começou com um Overbooking

Fiquei 20 dias na Amazônia. Vale lembrar que ao longo dos 20 dias que eu estive viajando, eu aproveitei para fazer muitas coisas super especiais. Uma pena que toda essa aventura começou com um um overbooking da cia aérea que me fez viajar apenas no dia seguinte.

Depois do Overbooking, começa minha viagem

Esse aqui é apenas um breve resumo da viagem, depois da chateação do overbooking.

  • Dia 1 – Chegada + Santarém
  • Dia 2 – Santarém
  • Dia 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 e 10 – Passeios curtos
  • Dia 11 e 12 – Alter do Chão
  • Dia 13 – Manaus
  • Dia 14, 15 e 16 – Floresta Amazônica
  • Dia 17 e 18 -Floresta Amazônica
  • Dia 19 – Presidente Figueiredo
  • Dia 20 – Manaus

Apenas um detalhe, tive um atraso de voo quando saí de São Paulo. Depois do atraso, chegando ao Aeroporto de Manaus, a primeira surpresa: ele é MARAVILHOSO! Grande, organizado, com atendimento ágil.

A cidade de Manaus, capital do estado do Amazonas, tem mais ou menos 2,1 milhões de habitantes e um dos maiores destinos turísticos no Brasil.

Fiquei no Villa Amazônia é um hotel super confortável, estilo boutique, mas que aceita crianças numa boa. A estrutura é pequena perto dos grandes hotéis, o que faz com que você tenha um atendimento mais individualizado. Ele também fica a duas quadras do Teatro Amazonas, e dos melhores restaurantes da cidade, o que nos permitia fazer tudo a pé sem cansar.

Minha viagem para a China

Viagem à Muralha da China

Eu fui escalada para uma viagem corporativa para a China. Trabalho em uma empresa que importa embalagens em geral, especialmente embalagens para restaurantes e havia uma feira de embalagens plásticas, ecológicas e de plástico acetato em geral. Portanto, eu tinha que ir para a CHINA!!!

Eu sempre quis ir a Pequim e conhecer a Cidade Proibida, como ela é chamada e aproveitei para fazer turismo.  Tentei conseguir alguém para ir comigo em novembro não foi tão fácil quanto eu esperava, mesmo com o preço tão bom nessa época.  Finalmente, minha irmã Tatiana concordou em ir comigo. 

Fomos em um voo direto (uma pena que tivemos um overbooking e depois um voo cancelado) de Detroit para Pequim na Northwest Airlines, ficamos 6 noites de hospedagem no Marriot Hotel, dois dias completos de passeios e café da manhã diariamente. Nosso voo durou 14 horas, mas fomos preparados com revistas, lanches, travesseiros de pescoço e melatonina para nos ajudar a dormir. Nós não nos víamos há pelo menos um ano, então também era um bom momento para colocar o papo em dia. Isso me lembrou daquelas longas viagens de carro quando éramos crianças, exceto que agora poderíamos beber bebidas alcoólicas.

Quando chegamos a Pequim, era domingo à noite. O aeroporto é bom, como eles tinham acabado de abri-lo em 1 de novembro de 1999. Depois de passar pela alfândega, o representante da Pacific Delight nos encontrou facilmente no saguão do aeroporto e fomos para o nosso hotel. 

A equipe foi extremamente amigável e quase todos falavam inglês, apesar os chineses com mais de 50 anos, não sabem falar nem obrigado em inglês! Nós aguardamos com expectativa para chegar ao nosso quarto e ficamos encantados por descobrir que tinha tudo o que precisávamos:

  • Um mini-bar
  • Chá,
  • Roupões
  • Chinelos.

Primeiro dia da viagem

Nosso primeiro dia em Pequim, a temperatura ficou perto de 15 graus durante a maioria do dia nos permitindo entrar em um valor de dia cheio de turismo. Vimos o Palácio Imperial cheio de tesouros da Cidade Proibida e a imponente Praça Tian An Men. Depois do almoço, fomos ao Palácio de Verão e fizemos um passeio de barco no Lago Kinming, depois no primoroso Templo do Céu.

Segundo via da viagem

Nosso segundo dia de viagem incluiu a Grande Muralha, os Túmulos Ming e o Salão de Exposições Chang Ling. Subir a Grande Muralha é algo que nunca vou esquecer. Definitivamente não foi fácil, especialmente considerando quão frio e ventoso era, mas minha irmã e eu ainda gostamos de tudo.As outras pessoas do nosso grupo de turistas ajudaram a tornar as coisas ainda mais interessantes.É divertido ir com um grupo porque eles fazem perguntas que você pode não ter necessariamente pensado em si mesmo. No final do dia, eu havia aprendido muito mais sobre a história da China, que me senti como se este dia valesse a pena a cada minuto do vôo de 14 horas.

Terceiro dia da viagem

No dia seguinte, optamos por apenas “sair”. Estávamos exaustos com todas as caminhadas e passeios que havíamos feito nos dias anteriores. Pela noite nós fomos ver um espetáculo de acrobata que era fantástico.

Quarto dia da viagem

No nosso quarto dia, partimos para o Mausoléu do Presidente Mao, onde seu corpo está em exposição. Os chineses vêm de todas as partes para ver o presidente Mao. A experiência foi bastante emocionante, mas estávamos prontos para nos mudarmos para lugares mais felizes. Depois do Presidente Mao, visitamos o Templo do Lama Tibetano. Este templo ainda está em uso hoje e há 22 monges que atualmente moram lá. Nós fomos então para o Parque de Bei Hai bonito. Nós nos divertimos muito lá. Muita caminhada! Eles têm vários pequenos passos, então você precisa estar em boa forma e usar sapatos confortáveis.

Quinto dia da viagem

Na sexta-feira fomos ao zoológico. Eu realmente queria ver os ursos panda, mas quando chegamos lá, eles estavam dormindo. Nós rimos muito sobre isso. Nós também visitamos alguns fazendeiros, vimos uma estufa, mas nossa experiência favorita foi visitar uma turma de jardim de infância local e ouvir as crianças cantando uma música para nós. É incrível que eles já estejam aprendendo inglês tão jovens.

Quinto dia da viagem

Na nossa última noite, decidimos ir à Ópera. O desempenho foi lindo, mas assisti-lo estava perto de tortura. Os assentos são inclinados em tal declive que era trabalho constante para ficar neles e as legendas inglesas eram da mesma maneira difícil de seguir. Depois de um tempo, um grupo de nós achou toda a experiência bem humorada e no final do show rimos às lágrimas.

As compras em Pequim são ótimas! Eles têm seda, jade, pérolas e muito mais. Os preços são inacreditáveis ​​e se você gosta de pechinchar, esta cidade é definitivamente para você. Nós passamos nossa última manhã tentando empinar todas as nossas novas compras em nossas malas.

As pessoas da China são muito amigáveis ​​e muito agradecidas por tudo o que têm. Foi um rápido vislumbre de uma cultura tão maravilhosa. 

Mal posso esperar para voltar!

Update: encontrei esse video que retrata um pouco de Pequim

Viajar para Buenos Aires Sozinho – Dicas úteis

Casa Rosada - Buenos Aires

Estas de férias? Pretendes viajar para Buenos Aires sozinho e se encontra completamente perdido?

Este artigo foi escrito para lhe disponibilizar algumas recomendações e informações proporcionando a você algumas vantagens na hora de fazer os melhores passeios.

Viajar para Buenos Aires sozinho não será fácil, mas este artigo está aqui para abrir um pouco a sua mente do que esperar pela frente.

Não esqueça de aproveitar todas as oportunidades que surgirem a partir do momento que você pousar no aeroporto.

Tome notas e prepare-se para se apaixonar pela cidade do Tango.

Você vai querer embarcar nessa aventura.

Apesar do governo Argentino ter aplicado muitas leis e regulamentos no quesito segurança, Buenos Aires continua uma das capitais muito perigosas.

Por esta razão não é recomendado andar sozinho à noite e apesar de existirem locais que são famosos como La Boca, que durante o dia são muito procurados pelos turísticas, recomendamos que não visite à noite, pois roubos são muito comuns.

É seguro viajar sozinho para Buenos Aires?

Viajar para Buenos Aires sozinho requer algumas precauções, queremos lhe fornecer muitas ferramentas para que você ande seguro.

Antes de ir para qualquer local, sempre faça uma pesquisa muito profunda sobre a cidade, entenda como funciona e o que pode esperar dela. Deixe de lado o excesso de confiança, todo cuidado é pouco.

Programe-se para chegar no aeroporto na luz do dia. Use somente rádio taxis, pesquise sobre os costumes e horários de fechamento dos lugares que você pretende visitar, especialmente à noite.

Sempre tenha um chip com Internet no celular, vai tornar fácil sua vida.

Ao comparar Buenos Aires com Rio de Janeiro ou São Paulo, chegamos à conclusão que é uma cidade tranquila, mesmo assim, não deixe de prestar muita atenção ao seu redor.

Evite visitar os subúrbios, favelas e tenha muito cuidado com seus objetos pessoais se estiver no meio de alguma multidão. Existem muitos ladrões por aí, e há muitos casos de agressão ou sequestro que se desenvolveram muito na capital.

Na Argentina crescem os números de feminicídios, mas não há casos de assassinatos de turistas do sexo femino, isso não quer dizer que nunca vá acontecer.

Nunca ande sozinho à noite ou perto de locais isolados.

Pensando em segurança viária, há locais cujas rotas são de cascalho, mas os principais locais turísticos do país estão conectados e há bons serviços de transporte cobrindo essas rotas.

Se você desejar pegar um táxi em qualquer lugar, observe se é um automóvel oficial, pois existem muitos profissionais que são ilegais. Baixe o aplicativo She Taxi pertencente a uma rede de mulheres taxistas de Buenos Aires para se sentir seguro.

Não é constante a ocorrência de desastres naturais, mas fique ligado nas épocas de chuvas, pois pode ocorrer áreas inundadas implicando cortes nas estradas.

Em qualquer parte do mundo mulheres sofrem violência sexista, mas isso não é impedimento para que você faça uma viagem sozinha e divertida em Buenos Aires.

Existem muitos mochileiros que não vão deixar você completamente sozinho, não hesite em iniciar uma conversa, pois você pode facilmente encontrar outros viajantes.

Em caso de emergência chame a polícia, o número é 911. Você pode checar onde as delegacias estão localizadas.

Em caso de assédio ou abuso sexual, você encontrará escritórios de serviços e terá a sua disposição um telefone que pode ligar 24horas por dia. Mais informações na linha 144.

Caso você precise de hospital, não hesite em usar o Google Maps. Baixe o aplicativo onde quer que esteja e procure por “hospital”. Os mais próximos aparecerão.

 É hora de passear em Buenos Aires

Não é difícil viajar para Buenos Aires Sozinho, aqui vão algumas dicas para você visitar este lugar desacompanhado e amar Buenos Aires.

Os melhores meses para se comprar passagens são outubro e novembro, pois além das hospedagens tudo é mais barato.

Você não estará completamente sozinho, Buenos Aires é uma cidade onde você vai encontrar muitos turistas brasileiros.

Gosta de sossego e muita diversão? Dirija-se para o bairro de Palermo, lá é possível se deparar com o Parque de Palermo, onde você pode praticar esportes, patinar, caminhar e organizar piqueniques.

Também em Palermo, vais encontrar um zoológico, jardim botânico, o planetário e um jardim japonês. Ouse ir a um cassino ou visite o Hipódromo que fica embaixo.

Outro bairro interessante para visitar é o Recoleta, belo e romântico. Lá você não pode deixar de ver o Museu Nacional de Belas Artes, a igreja Nossa Senhora do Pilar e também uma escultura de flor denominada Monumento Floralis Genérica.

Se você gosta de um agito, visite o bairro de Puerto Madero, que era um antigo porto que foi transformado em local para diversão, lá existem numerosos restaurantes e bares.

Em Puerto Madero você vai encontrar a famosa Puente de La Mujer, obra do arquiteto Santiago Calatrava, essa ponte gira em 90º para permitir que os enormes barcos possam passar por ali.

Não deixe de conhecer o Teatro Colón, considerado um dos teatros líricos mais significativos do mundo. Restaurado em 2008 e tem a capacidade para 4000 pessoas.

Outro Bairro interessante para visitar é San Telmo, onde você vai encontrar uma das áreas mais conservadas da cidade, além de casas coloniais e ruas de pedras que potencializam o contraste a toda a cidade moderna.

San Telmo é o preferido dos Artista e lá você vai encontrar a Plaza Dorrego, famosa pelos cafés e antiquários, onde se apresentam shows de tango, considerado um lugar perfeito para a vida boêmia.

Tango de rua em Buenos Aires
Tango de rua em Buenos Aires

Pretende comprar algumas lembrancinhas? Vá para a Calle Florida. Um perfeito lugar para encontrar alfajoures, doce de leite, perfumes, roupas etc.

E não deixe de parar no shopping Galerias Pacífico, localizado num edifício do século 19

Aproveite todas as dicas, pegue um roteiro e viaje para Buenos Aires.

A agência Funny Times quer levar você a refletir sobre alguns incômodos que turistas passam por não fazer um pacote de viagens.

Um deles é a hospedagem: reservas em hotéis, lodges e pousadas, quando feitas por uma agência de viagens responsável é garantida e pode oferecer as melhores acomodações e os melhores preços devido as parcerias e isso interfere diretamente no valor reduzindo custos.

Outra preocupação que incomoda muito turistas é o translado entre o aeroporto e o hotel. Você provavelmente vai estar cansado depois de horas de voo. A empresa já oferece esse transporte, prevenindo muitas vezes o desgaste e facilitando o transporte de bagagens.

Oferecemos para você, que poderá vir sozinho para Buenos Aires, uma frota de veículos que está disponível para fazer diversos roteiros dentro e fora da cidade de Buenos Aires.

Todos os veículos estão habilitados pela CNRT (comissão nacional reguladora de transporte), com os seus respectivos seguros para transporte de passageiros.

Não podemos deixar de falar sobre uma aquisição que muita gente deixa para última hora, ou não liga que é o seguro de viagem. Pode ser uma tarefa complicada planejar uma viagem sozinho, e viajar sem um seguro de viagem pode ser um verdadeiro problema, muitas pessoas falam que não precisa, mas não conte com isso.

Os pacotes de viagem já oferecem, junto as suas taxas o valor do seguro de viagem. E adquirindo com antecedência você pode evitar muitos transtornos e dores de cabeça na viagem.

Qual o recorde em uma viagem de avião

Avião no aeroporto

Aviões são um assunto que intriga muita gente.

São muitas as pessoas que são fascinadas por eles e que buscam informações de todos os tipos para estar por dentro de tudo sobre o meio. Filmes, séries, documentários e livros que tratam desse meio de transporte e das diversas histórias que existem por trás dele são muito procurados pelos apaixonados por aeronautica.

Sendo assim, separamos aqui os maiores recordes em viagens de avião, para você ficar por dentro de tudo! Acompanhe abaixo.

O Voo mais rápido a cruzar o oceano atlântico

Em 1974 a empresa Blackbird com o avião Lockheed SR-71ª fez a travessia mais rápida pelo oceano atlântico, saindo da cidade de Nova York, nos Estados Unidos e chegando em Londres, na Inglaterra.

O tempo de viagem aerea ao total foi cerca de 1 hora, 54 minutos e 56 segundos, com uma distância total de 5.570 km. Outra curiosidade é que dois anos depois, esse mesmo avião bateu mais um recorde, alcançando 3.529,56 km/h em um voo de apenas 25 km, dentro dos Estados Unidos.

O voo mais longo do mundo

Mais um dos recordes interessantes para você saber. O voo mais longo do mundo foi realizado em fevereiro de 2006 e durou nada mais, nada menos que 77 horas.

Para a viagem o avião foi carregado com vários tanques de combustível, suficientes para garantir a segurança na longa distância. O avião percorreu cerca de 42,469 km e foi conduzido por Steve Fossett, um experiente piloto dos Estados Unidos.

Vale ressaltar que Steve possui em seu currículo outros recordes também, como maior velocidade em um voo de Zepelin e primeira volta ao mundo em um avião sem reabastecimento.

Voo mais cheio do mundo

Imagina pegar uma viagem com pacote promocional, porém, o voo tá lotado! Quando se trata de número de passageiros, também existe um recorde bem grande para te impressionar.

Em 1991, um Boeing 747 saiu da Etiópia, do aeroporto de Addis Abeba carregando 1.088 passageiros. Só esse número já é grande o suficiente para garantir o recorde. No entanto, dois fatos bem curiosos ocorreram durante a viagem.

Enquanto o voo acontecia, duas grávidas entraram em trabalho de parto e acabaram tendo seus filhos dentro do avião mesmo. Com isso, o voo encerrou com dois passageiros a mais, totalizando 1.090 passageiros e garantindo o recorde de voo mais cheio do mundo.

A parte mais legal é que a viagem foi realizada pela empresa israelense El Al em uma missão humanitária. Ao todo, essa missão contou com 40 voos, totalizando 36 horas e mais de 14,2 mil judeus resgatados.

Aviões fazem parte daqueles assuntos aos quais podemos falar o tempo todo e mesmo assim continuar encontrando temas ainda inexplorados. Eles são fascinantes desde sua mecânica, até sua história de criação, que divide opiniões.

Saber dos recordes é estar por dentro dos grandes temas da aeronáutica. E aí, preparado para comprar sua passagem e dar aquela voltinha?

Lembrando que em caso de problemas de voo, você pode entrar em contato com a indenizar.com. Empresa especializada em ajudar passageiros que tiveram problemas com voos atrasados, cancelamentos, overbooking, etc.

8 Passeios em Miami que poucos costuma falar

Miami é a queridinha dos brasileiros quando se fala em cidade para curtir nos Estados Unidos. Outlets, shoppings, baladas, bares e praias… Muitas praias! Entretanto, há muito mais para fazer do que apenas visitar Miami Beach ou andar no ônibus panorâmico para conhecer todos os pontos turísticos.
Se você tem viagem marcada e quer encontrar diversões “diferentonas” para curtir com a família e amigos, leia o post a seguir. Separamos uma lista com 8 passeios para quem não curte o convencional.

Visitar o Matheson Hammock Park

Imagina aquelas cenas paisagens de filme. Imaginou? O Matheson Hammock Park poderia se assemelhar a uma. Este parque escondido em Miami é tranquilo e paradisíaco. Poucos turistas conhecem e os que conhecem, não visitam porque é afastado de shoppings, outlets e outros pontos turístico.

Ainda assim, é um ponto que não pode faltar na sua viagem. A principal atração é a piscina construída no formato de um atol de corais. A água é renovada com a maré, pois o abastecimento vem da Biscayne Bay. É perfeito para quem tem filhos, pois ao redor há uma pista para as crianças andarem de patins, bicicletas ou skates.

Tire um dia para visitar o local e garanta lindas fotos e momentos únicos.

Everglades

O passeio pelo Everglades é a oportunidade ideal para entrar em contato com a vida selvagem. O barco anda pelas águas do rio em diferentes velocidades, enquanto um guia turístico explica sobre o ecossistema e curiosidades.
O rio é o único lugar do mundo onde moram jacarés e crocodilos. É feita observação dos animais e, no final, os turistas são levados para conhecer filhotes de jacaré e cobras em cativeiro.

Jungle Island

Se você é fã de animais, o Jungle Island é outro lugar que você não pode deixar de visitar. É uma mistura de zoológico com parque temático. É possível interagir com os bichos (tocar, alimentar e tirar fotos) e assistir a shows imperdíveis.

Distritos de arte

Os amantes da arte piram em Design District, Midtown e Wynwood. Há passeios de ônibus com guias especializados que podem e levar nas três localidades. É possível apreciar diversas formas de arte moderna e contemporânea como fotografias, esculturas, murais e arquiteturas.

Lake Okeechobee

Na região do Lake Okeechobee, você verá o outro lado de Miami. Ao redor do enorme lago de água doce (quarto maior dos EUA), há cidades pequenas e simples, mas que você pode encontrar comidas e lojas baratas e típicas.

Flyboard

O flyboard é um dispositivo que promove propulsão na água, fazendo com que o piloto voar até 15 metros em cima de uma prancha conectada por uma mangueira em uma embarcação.
Em Miami, instrutores dão aulas de seguranças e manuseio e, quando você estiver afiado, por “subir voo”.

Bayside Marketplace

O Bayside Marketplace é um centro de compras e entretenimento a céu aberto. Apesar de ser um dos pontos turísticos, vale o passeio caso você saiba o que fazer.
No local, você pode pegar um barco no South Beach e também andar de Táxi aquático. Além disso, no quesito compra, é possível se divertir com o tanto de lojinha diferente, que vende suvenir e várias outras coisas “que você nunca vai usar, mas que vale a lembrança”.

Dry Tortugas

Tortugas National Park é ilha protegido por leis federais, devido a extrema importância natural e histórica. A única ilha aberta para conhecer é a Garden Key. Por lá, recomendamos fazer o tour histórico pelo Fort Jefferson, fazer mergulho nas águas paradisíacas e observar a natureza.
Não é exatamente em Miami, mas é próximo e vale muito a visita. Para chegar até Garden Key, basta ir até o Porto Histórico de Key West e pegar o Ferry boat.

Aproveite o melhor de Miami

Para aproveitar muito a cidade, recomendamos que leve uma quantidade razoável de dinheiro. Além desses que te indicamos, existem outros passeios que você não pode perder.

Ah, e não se esqueça: para comprar dólar pagando os melhores preços, procure uma Corretora de Câmbio.

Destinos perfeitos para quem adora um friozinho

Curitiba - cidade para visitar no frio

Você é uma daquelas pessoas que adoram o inverno? Que curte sentar a beira de uma fogueira, comer um Fondue ou até mesmo tomar drinks quentes.

Então este é o artigo certo para você. Eu adoro viajar no frio. Adoro mesmo!

Seguem algumas dicas de viagem para as suas férias de inverno.

O detalhe é que falaremos sobre destinos nacionais, destacando excelentes lugares frios para viajar.

Mas antes de começarmos a nossa listinha, vamos falar um pouco sobre as vantagens em viajar a baixas temperaturas. Acompanhe:

Vantagens em viajar no frio

Entre as principais vantagens encontradas ao viajar no inverno, podemos citar:

  1. Baixa temporada: em alguns destinos o período de alta temporada é no verão. Por isso, se você viajar no inverno vai encontrar passagens e hotéis mais baratos. Além disso, os restaurantes e as atrações turísticas costumam ter preços melhores;
  2. Cidade mais vazia: se viajar para um lugar onde é baixa temporada no inverno, com certeza vai encontrar a cidade mais vazia. Além de aproveitar melhor as atrações turísticas, você evita filas e tumultos;
  3. Liquidação: quem viaja no inverno pode aproveitar e curtir a liquidação de diversas lojas. Essa época é considerada por turistas e nativos como a melhor liquidação do ano! Ótima oportunidade pra você garantir um casaco quentinho pelo menor preço.

Principais destinos nacionais para viajar no inverno
Entre os destinos mais interessantes para viajar durante o inverno em território brasileiro, podemos citar:

1- Curitiba

Trata-se de um dos principais pontos turísticos brasileiros para quem busca um local frio e aconchegante para viajar.

Curitiba, a capital do Paraná, possui um clima frio durante quase todo o ano. Assim, independentemente da época que você visitá-la, será possível curtir as baixas temperaturas.

Também é válido dizer que a capital é acolhedora e preserva uma atmosfera de cidade pequena mesmo com estrutura de grande metrópole.

Por lá você ainda vai encontrar vários parques e praças para curtir a natureza. Mesmo com as baixas temperaturas, vale a pena ir!

2- Campos do Jordão

Não seria possível falar de turismo e frio sem citar a cidade de Campos do Jordão. A localidade é referência quando falamos sobre temperaturas baixas.

Por muitos, ela é considerada como a cidade mais fria de todo o país. Até por conta disso acaba sendo bastante procurada.

Ela também é definida por vários viajantes como a Suíça brasileira. Talvez isso se deva, principalmente, aos seus bares e restaurantes requintados.

O local já ganhou uma diversidade enorme de prêmios relacionados a gastronomia, tanto brasileira quanto internacional.

Mas não pense que parou por aí. Além da comida, também é possível se deliciar com uma extensa programação cultural.

A cidade é repleta de shows, teatros e apresentações artísticas. Além disso, a arquitetura da região é encantadora. Vale a pena conferir!

3- Caldas Novas

Caldas Novas não é propriamente um dos lugares frios para viajar no Brasil. A cidade é quente, no entanto, no inverno as temperaturas costumam ficar baixas o que torna mais agradável curtir o local.

Quem vai pra lá pode aproveitar as várias piscinas de águas termais dos hotéis e dos parques aquáticos.

A cidade tem opções para todas as idades, e os hotéis costumam ter programação especial para as pessoas de terceira idade.

Então, se você gosta de frio e de curtir uma piscina bem quente, Caldas Novas é a opção perfeita para sua viagem.

Guia de Viagem para Cabo Frio

Guia de Viagem para Cabo Frio

Um dos Destino preferido de quem é apaixonado por praias, Cabo Frio é o maior município da Região dos Lagos no Rio de Janeiro, não apenas isso, Cabo Frio hospeda as  mais belas e paradisíacas praias dessa pequena região conhecida como Caribe Brasileiro, acompanhado de toda sua infraestrutura turística.

Localizado a cerca de 150 quilômetros do Rio de Janeiro, com cerca de 200 mil habitantes, tem em seu currículo  algumas das praias mais bonitas do estado.

Com seu território diversificado, Cabo frio impressiona pela sua infraestrutura mais que perfeita, capaz de agradar a todos os gostos.

Vizinha de outros grandes pontos turísticos como Búzios e Arraial do Cabo elas formam uma região conhecida como “Costa do Sol”.

A cidade de Cabo Frio é palco de um verdadeiro tsunami de turistas nos finais de semana e feriados, além  das altas temporadas o que faz interessante ter cuidado nessas datas, o trânsito pode se tornar algo complicado de ligar.

Para te ajudar a se programar, preparamos esse guia que traz detalhes importantes que você precisa saber para programar sua Viagem a Cabo Frio.

#01 Como chegar

Devido às limitações do aeroporto de Cabo frio a melhor opção é desembarcar no Rio de Janeiro e, de lá, Alugar um Carro, locar um Transfer ou pegar um ônibus na Rodoviária Novo Rio. A viação 1001 costuma realizar o itinerário, tudo varia do seu investimento para viagem e horário de chegado.

Quem optar por ir de  carro, o acesso à Região dos Lagos é pela  Ponte Rio-Niterói, depois seguir pela RJ-101,até Rio Bonito e em seguida pegar a RJ-124 até a cidade de São Pedro da Aldeia.

Vale lembrar que na estrada você encontra pedágio, na Via Lagos, e na  Ponte. Entretanto, é possível ir Rodovia Amaral Peixoto – RJ-106, depois que passar a ponto, ela é mais estreita, todavia não tem pedágio.

#02 Hospedagem

Com excelente infraestrutura hoteleira, a cidade de Cabo Frio conta com grandes opções de hotéis e pousadas, muitos deles na região próxima às praias ou no centro.

Quem gosta de hotéis mais próximos a praia, deve optar pelas praias do Forte ou do Peró.

Os hotéis da Praia do Forte conta com algumas opções luxuosas – como o Hotel Malibu com valores a partir de R$ 300,00 e o La Brise com valores a partir de R$ 225,00 para casais.

Os Hotéis da Praia Peró fica em uma reserva ambiental, e as pousadas têm limite de andares, uma boa opção é o Hotel La Plage com valores a partir de R$ 200,00 para casais, ficando a poucos metros da areia.

Para quem optar por ficar próximo ao centro, você encontra hotéis como  o Green Hotéis com valores a partir de R$ 270,00 e o Best Western Paradiso del Sol com valores a partir de R$ 290,00.

#03 Alimentação

Diversidade gastronômica é um dos ponto fortes de Cabo Frio, Nos arredores do Canal do Itajuru você encontra excelentes restaurantes, como o italiano Picolino, o Galeto do Zé e o Tia Maluca.

Além disso, na Praia do Forte você tem opções de restaurantes e até redes de fast food, como a badalada creperia Chez Michou.

Caso queira outras experiências nos dias que seguirem, faça uma visita a cidade vizinha de Búzios.

#04 Passeios

Praia do Forte – A Praia do Forte é ponto turístico da Região dos Lagos mais aclamado.

Com uma ampla faixa de areia e uma orla repleta de quiosques, bares, restaurantes, ciclovias, pistas de skate, jardins e quadras poliesportivas, a Praia do Forte é o Cartão postal de Cabo Frio.

Além das Dunas que um toque especial, as águas puras do mar e suas ondas conseguem trazer em determinadas épocas do ano mais de um milhão de pessoas.

Forte de São Matheus – É  um dos principais cartões-postais da cidade. O forte de São Matheus é uma das  fortalezas mais antigas do Brasil, erguida no canto esquerdo da Praia do Forte entre 1616 e 1620.

Faz parte do Patrimônio Histórico Nacional. No seu interior, você encontra uma exposição que conta a história do local e ainda tem uma belíssima vista da praia.

Praia do Peró – Com cerca de sete quilômetros da Praia do Forte, em uma reserva ambiental.

Praia das Conchas – Praia das Conchas tem esse nome por causa de seu formato semicircular que remete a imagem de uma concha. Por conta dessa geografia, seu mar é bem mais calmo que o Peró, praia vizinha, na ponta direita em um local chamado de  “Pedra do Arpoador”) formam-se verdadeiras piscinas naturais.

Praia do Foguete –  A praia do Foguete é praticamente deserta, por ficar em uma reserva ambiental com apenas algumas casas em sua orla, além de ter um mar bastante agitado. Na região acontece alguns campeonatos de surfe

Ilha do Japonês – Localizada no encontro do Canal do Itajuru com o mar, é considerada um refúgio de quem quer alguns momentos de tranquilidade.

Como um santuário natural recheado de trilhas e águas tranquilas cristalinas.

Canal Itajuru – O “Boulevard Canal”, o Canal do Itajuru é uma pequena orla situada às margens da Lagoa de Araruama.

Um dos lugares mais procurados por turistas, com sua longa diversidade de restaurantes, lojas, bares e escunas ancoradas para os passeios de barco.

Além de uma feira de artesanato também funciona no local há mais de 20 anos, com cerca de 500 expositores.

Para passeios de barcos, eu recomendo os serviços da empresa Guga Tour. Vai encontrar um ótimo atendimento e custo muito baixo.

Aproveite momentos agradáveis na sua Viagem a Cabo frio, e se estiver com tempo, conheça também as outras duas cidades que fazem parte da “Costa do Sol” que são Búzios e Arraial do Cabo.

Búzios com suas noites luxuosas e badaladas e suas praias calmas e paradisíacas e Arraial do Cabo um paraíso de águas cristalinas, conhecida como a Capital Nacional do Mergulho, fica a menos de 15km de Cabo Frio.

O melhor pão caseiro com linguiça que já comi na vida foi em Tiradentes / MG

Viajei para Tiradentes / MG para um carnaval um tempo atrás. Lá conheci um “chef de cozinha”, muito simples, que nem gostava de ser chamado de chef, mas de cozinheiro. No restaurante dele, comi uma linguiça defumada que me fez pensar que nunca tinha comido linguiça na vida, de tão gostosa que estava e um pão caseiro divino.

Me recordo que me pensei em aprender Como fazer linguiça defumada, e acabei pedindo para ele a receita. Mas ele não quis me passar, sem problemas! Eu respeito a decisão dele, mas me lembro de cada pedaço daquela linguiça. Elas eram macias, tenras, apimentadas na medida certinha.

Ele me passou a receita de cabeça, mas e não anotei. Mas depois eu achei uma receita de pão caseiro nesse site e estou usando ela como referência.

O restaurante já fechou, mas o nome do cozinheiro eu me lembro bem: Sr. Manoel.

Se você for à Tirandentes, não se esqueça de procurar pela linguiça defumada do Seu Manoel. Vale muito à pena. O pão também!

Buenos Aires (5 dias)

1º DIA – BRASIL / BUENOS AIRES
Apresentação no aeroporto de Guarulhos às 07h05 para embarque com destino a Buenos Aires. Chegada, recepção e traslado ao hotel escolhido. Restante do dia livre.

2º DIA – BUENOS AIRES
Café da manhã no hotel. Saída para um passeio panorâmico, com duração de meio dia pela cidade, conhecendo seus principais pontos turísticos, como: Palermo, Recoleta, Congresso. Plaza de Mayo, Caminito, Teatro Colon, Costaneira, Obelisco, Puerto Madero e centro da cidade, com seus parques, jardins e avenidas. Retorno ao hotel. Restante do dia livre.

3º DIA – BUENOS AIRES
Dia livre para atividades independentes.

4º DIA – BUENOS AIRES
Dia livre para atividades independentes.

5º DIA – BUENOS AIRES / BRASIL
Café da manhã no hotel. Em horário combinado, traslado ao aeroporto para embarque com destino ao Brasil.

Montevidéo e Buenos Aires (6 dias)

Roteiro de Montevideo e Buenos Aires

1º DIA – BRASIL / MONTEVIDÉU
Apresentação no aeroporto de partida para embarque com destino à Montevidéu. Chegada, recepção e traslado ao hotel escolhido.

2º DIA – MONTEVIDÉU
Café da manhã. Saída para um passeio com duração de meio dia para conhecer os principais pontos turísticos da cidade. Visitaremos o Cerro, de onde se pode apreciar uma das mais belas vistas de Montevidéu. Continuando, seguiremos pela área financeira e comercial, a Plaza da Independência, o Mausoléu Artigas, a Avenida 18 de Julio, o Palácio Legislativo, o Parque Prado com o Monumento “La Diligencia”, o Hospital das Clínicas, o Estádio de Futebol e o mais famoso monumento do Uruguay, “La Carreta”.

3º DIA – MONTEVIDÉU / BUENOS AIRES
Café da manhã. Em horário combinado, traslado ao aeroporto para embarque com destino à Buenos Aires. Chegada, recepção e traslado ao hotel escolhido.

4º DIA – BUENOS AIRES
Café da manhã no hotel. Saída para um passeio panorâmico, com duração de meio dia pela cidade, conhecendo seus principais pontos turísticos, como: Palermo, Recoleta, Congresso. Plaza de Mayo, Caminito, Teatro Colon, Costaneira, Obelisco, Puerto Madero e centro da cidade, com seus parques, jardins e avenidas. Retorno ao hotel.

5º DIA – BUENOS AIRES
Café da manhã. Dia livre para atividades independentes.

6º DIA – BUENOS AIRES / BRASIL
Café da manhã no hotel. Em horário combinado, traslado ao aeroporto para embarque com destino ao Brasil (poderá haver necessidade de conexão em Montevidéu).